- Advertorial & DMCA Protected -

Aja agora! O SmartBit Boost está impulsionando os ganhos dos participantes! Garanta seu lugar antes que o convite privado expire! ⚠️ 05:00

Lucro da Plataforma ‘NET’:
$466,837,090
Renda Total do Utilizador em
$193,389

Apenas 13 Vagas Disponíveis Para Novos Utilizadores!

Blog

O que é um contrato inteligente?

A tecnologia blockchain evolui constantemente e se torna mais atraente para usuários comuns e investidores institucionais. É por isso que a questão sobre o que são contratos inteligentes preocupa cada vez mais pessoas que desejam entender este algoritmo automatizado para a execução de termos. Continue lendo para saber como funciona e para que é mais frequentemente usado atualmente.

Existem 3 eras da moeda: baseada em commodities, baseada em política e agora, baseada em matemática.

Chris Dixon

Por que os contratos inteligentes são importantes?

Você precisa estar constantemente educado sobre criptomoeda para maximizar suas informações e manter-se atualizado. Graças a isso, você rapidamente se perguntará o que são contratos inteligentes e, assim, entenderá os benefícios de tais mecanismos:

  • redução de custos. Tudo graças à capacidade de verificar a conformidade com os termos e condições de maneira automatizada. Isso reduz os custos de advogados, notários e outros participantes em contratos clássicos;
  • execução rápida. Graças às peculiaridades do mecanismo, a transação é fechada no mesmo momento em que todas as condições são consideradas cumpridas. Isso reduz custos e aumenta a eficiência;
  • transparência e imutabilidade. Todos os registros salvos permanecem para sempre, garantindo assim a honestidade e a justiça de cada transação sem exceção.

Com tudo isso, você pode obter resultados impressionantes de negociação no menor tempo possível. É melhor ver o exemplo de contrato inteligente e usá-lo ativamente para o seu negócio.

Como funcionam os contratos inteligentes

Também é necessário entender não apenas a questão do que são contratos inteligentes, mas também como exatamente tais mecanismos funcionam. Aqui estão algumas etapas básicas de trabalho:

  1. Escrever o código. Você precisa programar o contrato, levando em consideração qual plataforma blockchain foi escolhida. Você define a lógica pela qual o contrato será implementado.
  2. Colocação. O contrato é então carregado diretamente no sistema blockchain. Uma vez feito isso, não pode ser modificado, tornando-se disponível para todos visualizarem.
  3. Ativação. Após certas ações, o contrato será ativado de forma independente e várias condições serão verificadas para cumprimento. Se tudo estiver bem, o resultado será alcançado.
  4. Execução. A própria execução na maioria das vezes nem leva alguns minutos. Fundos ou outros ativos são transferidos instantaneamente para o usuário que cumpriu as condições.
  5. Registro do resultado. O resultado do trabalho é registrado e, assim, torna-se fundamental e inalterável. Graças a isso, é possível verificar o contrato quanto à honestidade.

Graças a este esquema simples e claro de trabalho, será bastante fácil entender o que são contratos inteligentes. O principal é levar em conta a segurança, ter cuidado ao escrever o código e entender a dependência do próprio contrato em relação a dados externos.

História dos contratos inteligentes

A maneira mais fácil de entender a questão do que são contratos inteligentes é mergulhar um pouco na história e aprender sobre suas características. Graças a isso, você verá a tendência de desenvolvimento da tecnologia e todas as características que diferentes especialistas aplicaram em seu tempo. Aqui estão os principais desenvolvimentos, divididos por ano:

  • anos noventa do século passado. Esse foi o momento em que a própria ideia surgiu, embora a tecnologia não estivesse pronta para implementação;
  • 2009. A era da criptomoeda começa quando o Bitcoin finalmente surgiu e começou a se espalhar;
  • 2013. Com o surgimento do Ethereum, os contratos inteligentes finalmente ganharam alguma popularidade entre a comunidade. Blockchain permitiu a criação de contratos complexos;
  • 2015. Um ambiente de linguagem completo apareceu para que a criação de contratos inteligentes se tornasse ainda mais acessível e compreensível para a maioria dos usuários;
  • 2016. A ascensão das DAOs, que foram a primeira empresa automatizada do mundo baseada no uso de contratos inteligentes. Esta foi uma ótima demonstração de como a tecnologia poderia ser usada;
  • os anos seguintes. Posteriormente, a disseminação do mecanismo só aumentou, devido ao qual novos complementos apareceram e a popularidade aumentou.

Tudo isso dá um entendimento do que são contratos inteligentes e como exatamente eles acabaram sendo algo que usamos agora. Em particular, é importante enfatizar a grande atenção à segurança que deve ser paga por todos os profissionais que trabalham com a tecnologia. Um nível mais alto de proteção para usuários comuns só pode ser alcançado com auditorias e testes minuciosos.

Prós e contras dos contratos inteligentes

Ao discutir quase qualquer contrato inteligente, você pode imediatamente identificar muitas vantagens com as quais encontrará:

  • automação. Graças ao mecanismo, é possível excluir todos os intermediários e deixar apenas o cliente e o executor de certas condições. Isso permite reduzir a chance de erro humano;
  • gastos reduzidos. Os próprios custos diminuíram, pois os intermediários não são mais necessários. Isso deixa apenas o custo de programar o próprio contrato;
  • velocidade aumentada. Qualquer transação para recompensar o contratado pode ser feita instantaneamente se o algoritmo vir que todas as condições foram devidamente cumpridas;
  • precisão do trabalho. Também é uma vantagem crucialmente importante que a justiça e a precisão do trabalho do contrato sejam maximizadas. Tudo é executado exatamente como foi originalmente programado;
  • transparência. Todas as informações podem ser facilmente acessadas diretamente no blockchain. Os dados não podem ser alterados ou perdidos no futuro, então cada transação se torna transparente.

Mas, simultaneamente, você não pode esquecer as desvantagens e dificuldades que podem surgir em seu caminho. Aqui estão algumas delas:

  • complexidade do código. Criar um programa por conta própria pode ser uma tarefa desafiadora. Além disso, quaisquer erros podem levar à perda de capital;
  • dependência. Serão necessários conselheiros especiais que possam fornecer informações de fontes externas;
  • suporte limitado. É impossível obter qualquer esclarecimento ou resolução de disputas, já que o programa foi originalmente escrito e lançado no blockchain;
  • problema de escalabilidade. A própria tecnologia resulta em aumento do tempo de processamento para cada transação, se houver milhões de contratos a serem executados;
  • privacidade. O blockchain não garante a confidencialidade dos dados, mesmo que oculte seu proprietário.

Atualmente, a tecnologia é de interesse máximo para investidores e negociantes regulares que desejam trabalhar com segurança com seus ativos. Portanto, tanto as vantagens quanto as desvantagens devem ser consideradas.

Áreas de aplicação de contratos inteligentes

Podemos afirmar com confiança que contratos cripto podem ser usados ​​em muitas áreas. Mesmo agora, suas aplicações podem ser encontradas ou esperadas em breve:

  • setor financeiro. Aqui, tais contratos ajudam a automatizar quaisquer pagamentos, fazer cumprir acordos em empréstimos;
  • logística. Graças aos contratos cripto, a origem de qualquer carga ou mercadoria pode ser rastreada;
  • setor imobiliário. O custo de transferir direitos de propriedade pode ser pago por meio de contratos cripto. Isso reduz a necessidade de criar documentos em papel;
  • indústria de jogos. Contratos cripto também podem ser usados ​​para gerenciar vários ativos digitais em vídejogos.

Muitos usuários já começaram a trabalhar com várias variantes desses contratos. Isso permite automatizar processos e reduzir significativamente a possibilidade de fraude. Portanto, o interesse no mecanismo nunca desaparecerá.

Se a cripto tiver sucesso, não é porque capacita pessoas melhores. É porque capacita instituições melhores.

Vitalik Buterin

Todos os blockchains têm contratos inteligentes?

Entender o que são contratos cripto permitirá que você obtenha muitos mais benefícios do que parece. O principal a lembrar é que nem todas as plataformas atualmente os suportam. Aqui estão algumas das principais diferenças:

  • com suporte a contrato. Estes incluem Ethereum, que suporta totalmente um ambiente de linguagem para a criação de contratos;
  • sem tal suporte. Neste caso, blockchains clássicos como Bitcoin, que foram criados antes que ambientes complexos fossem desenvolvidos, são considerados;
  • soluções intermediárias. Plataformas individuais podem oferecer apenas tipos limitados de contratos que só podem ser executados sob certas condições.

De qualquer forma, essa distinção depende do próprio modelo de negócios do blockchain. No momento, Ethereum é o mais interessante. Portanto, recomendamos que você entenda o tópico e use o mecanismo único.

Opinião do autor

Especialistas da plataforma realizaram um grande estudo e podem afirmar com confiança que os benefícios dos contratos inteligentes são bastante significativos. Ao mesmo tempo, as desvantagens permanecem, assim como o fato de nem todos terem aprendido a usar tais acordos. Recomendamos que você se familiarize o máximo possível com este tópico e entenda as perspectivas e desafios que esperam essa ferramenta. Você pode ser aquele que pode usar contratos inteligentes particularmente de forma eficaz.